OPALA 40 ANOS

 

                                               Poucos automóveis brasileiros permaneceram por 24 anos em produção. Menos ainda conquistam novos adeptos, mesmo depois de 16 anos fora da linha de montagem. Não sabemos o motivo certo: Motor, espaço, conforto, beleza, ronco, confiabilidade,... cada um de nós dá uma razão para explicar esse amor. O fato é que o Opala tem um charme inigualável, algo que foge ao racional. Não encontramos algum argumento convincente aos olhos profanos.

 

                                               Lançado em novembro de 1968, surpreendeu imediatamente o público brasileiro. Tratava-se de um carro moderno, diferente dos já defasados produtos oferecidos aqui. Bonito, conseguia unir a jovialidade de um esportivo com a classe de um automóvel esportivo. Conseguiu se estabelecer como uma opção automotiva relativamente acessível e econômica até a luxuosa, sonho dos meros mortais. Fatos estes, se repetiriam ao longo dos próximos 24 anos, com o lançamento de novas versões e modelos.

 

                                               Fez parte da vida de muita gente boa e ruim. Tornou-se membro de muitas famílias, muitos aprenderam a dirigir nele, outros tantos o tiveram como primeiro carro. Difícil achar quem fique indiferente ao ter ou relembrar alguma passagem com o "velho Opalão".

                                               Afinal,o Opala é mais que um carro. Carro não tem sentimento, não tem alma. O Opala tem. Faz muita gente chorar, faz mais gente ainda sorrir. Um verdadeiro amigo, presente em todas as horas, com a função de tornar inesquecível qualquer momento.

 

                                               A lacuna deixada no mercado após 16 de abril de 1992 não será suprida jamais. Porém, mantemos viva essa lenda, a todo custo. Enfrentamos obstáculos e olhares incrédulos. Mobilizamos pessoas de todo lugar, de diversas gerações. Sabemos o real valor da nossa história.

 

                                               Valor crescente de maneira progressiva, a cada instante desses 40 anos.

 

                                               Chevrolet, muito obrigado pelo excelente produto. Opala, muito obrigado por ter sido mais que um produto. Muito obrigado pelos momentos proporcionados. Te idolatraremos eternamente! Meus mais sinceros e felizes cumprimentos pela data de hoje!

 

Fernando Pavani

 

opaleiro4100@gmail.com

 

(19/11/2008)

 

 

Voltar